segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Historia do Pici e Parque Universitário.


Historia do Pici
O nome PICI vem do centenário Sitio do Pici ás margens do riacho cachoeirinha, que foi propriedade do pai da escritora Raquel de Queiroz nos anos de 1940.  Ao decorrer dos anos as terras foram passadas e vendidas a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza e a Legião Maçônica.  Esta região localizada Oeste da Cidade de Fortaleza havia vários sítios, entre eles se destacavam o Sítio Pici, Sítio do Papai e o terreno das Irmãs do Asilo de Parangaba.
Na década de 40, período da 2º guerra Mundial os americanos escolheram esta área para instalarem um ponto de comando com uma estrutura preparada para Guerra. Daqui saiam os aviões para bombardearem os Países não aliados.
 Em 1941 com a construção da base Americana a paisagem da região sofre alteração com a construção da estrada atualmente conhecida como Av. Carneiro de Mendonça que serviu de ligação a 2º Base Americana em fortaleza, a chamada de ‘’Cocorot ” atual Aeroporto Pinto Martins.
Na década de 50, foi feito o loteamentos das terras onde se localizavam os Sítios. Os Americanos haviam se retirado e as terras da Base ficaram sobre a vigilância da aeronáutica. Em 1958 algumas famílias ocuparam os ‘’Paiois’’ ou casamatas locais, onde hoje localizam as casa dentro da Universidade de Federal do Ceara e nesse mesmo período suguem com mediações do Pici os Bairros Pan Americano, Pici, Ipanema, Antonio Bezerra e a Casa Popular, que foi o primeiro conjunto habitacional construído em Fortaleza, Hoje é o Bairro Henrique Jorge.
Na década de 60, os lotes começaram a ser ocupados pelos seus compradores, os galpões da base dos americanos, passaram a servir de residências dos funcionários civis da aeronáutica, o DNOCS construiu uma oficina de manutenção e passou administrar o terreno da Base Velha. Surge nessa época a Vila do DNOCS, em galpões e terreno da Base, o culpados por funcionários, forma-se a Comunidade do Papoco, no Pan-Americano, constrói-se o Jóquei Clube, o Campo do Fortaleza e Sede Social do Time. Já as terras da Santa Casa de Misericórdia que era administrada pelo o Asilo das irmãs de Caridades da Parangaba, se tornou loteamento Parque são Vicente.
Na década de 70, começa a construção do Centro Social Urbano César Cals no Local onde as terras já estavam ocupadas, Comunidade do Sitio São Pedro.
Na década de 80 e 90, houver invasão das terras ociosas. Foram ocupadas pelos trabalhadores que vinha do interior em busca de melhores condições na Cidade de Fortaleza. Havendo muitas lutas para defende o seu lugar.
Em 23 de julho de 1992 o Governado Ciro Ferreira Gomes com no uso de suas atribuições constitucionais e legais com o fundamento do decreto nº 3. 365, de 21 de julho de 1941 e na Lei nº 4.132, de 10 de setembro de 1962 assinar a desapropriação do loteamento Parque Universitário, situados no Bairro Pici em fortaleza, terras pertencentes à Universidade Federal do Ceara.
                              
No decorrer dos anos com muitas lutas pelo seu terreno os moradores iniciam o desenvolvimento do bairro com projetos Sociais. A Senhora Elenice Marciano contribuiu muito na parte trabalho social voluntario junto com a comunidade organizando entretenimento para crianças e Adultos, Conseguindo uma doação de uma cadeira de roda e ajudou na luta para urbanização da área.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

T Dutra Alves

Um blog com objetivo informar ao trabalhador agente de saúde e endemias e a sociedade com dicas de saúde e projetos sociais.